Entenda a crise de abastecimento de água que envolve o Sistema Cantareira

Um assunto urgente e de vital importância mas que ainda pouco tem sido noticiado: a escassez de água na região de Campinas que, com a inesperada "estiagem" em pleno verão, tende a se agravar. O racionamento de água já atinge os municípios de Cosmópolis, Itu, Santo Antonio de Posse, São Pedro, Valinhos e Vinhedo. O problema, que põe em lados opostos a Região de Campinas e parte da Região Metropolitana de São Paulo já é considerado o maior conflito pela água no país.

Para entender essa disputa pela água, é preciso antes conhecer um pouco do Sistema Cantareira, que é responsável pela transposição das águas dos afluentes das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) para a Bacia do Alto Tietê que atende a Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Na RMSP ainda não há falta d'água, diferente da realidade que se agrava na Região de Campinas que fica na Bacia PCJ.

Sistema Cantareira

Bacias PCJ e Sistema Cantareira

O Sistema Cantareira é formado por uma série de seis reservatórios: Jaguari, Jacareí, Cachoeira, Atibainha, Paiva Castro e Águas Claras, sendo os quarto primeiros localizados nos afluentes do rio Piracicaba de mesmo nome. Os afluentes Cachoeira e Atibainha formam o rio Atibaia que ao se juntar ao rio Jaguari forma o rio Piracicaba.

Os reservatórios do sistema são ligados por túneis e canais que captam e desviam água dos supracitados cursos de água da bacia do rio Piracicaba para a bacia do rio Juqueri, realizando assim uma transposição de águas para a bacia do Alto Tietê, de onde, no reservatório de Paiva Castro, as água são bombeadas para o reservatório de Águas Claras, tendo por finalidade o abastecimento em parte da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP)

Na RMSP, o sistema abastece as zonas norte, central, parte da leste e oeste da capital e os municípios de Franco da Rocha, Francisco Morato, Caieiras, Osasco, Carapicuíba e São Caetano do Sul, além de parte de Guarulhos, Barueri, Taboão da Serra e Santo André. Totalizando na RMSP 8,8 milhões de pessoas.

Nas Bacias PCJ, são 76 municípios que dependentem do Sistema Cantareira, totalizando 5 milhões de pessoas.

Outorga

As normas atualmente em vigor (outorga de 2004) possibilitam que sejam transpostos para a RMSP até 31 m³/s, sendo 24,8 m³/s de vazão primária e 6,2 m³/s como vazão secundária. Para a Bacia PCJ, são garantidos 5 m³s, sendo 3 m³/s como vazão primária e 2 m³/s de vazão secundária. A vazão secundária é acrescida caso o reservatório não esteja com volume crítico de armazenamento. Mas a outorga também prevê um banco de águas virtual: se a RMSP não utilizou um volume de água nos anos anteriores, tem direito a fazer uso desse volume "virtual", que é uma água fictícia que não está nos reservatórios neste período atípico de estiagem em pleno verão. O Ministério Público pressiona para que esta regra do banco de água não seja seguida neste momento de crise.

A renovação da outorga está prevista para 2014. Há uma intensa disputa por parte dos municípios da Bacia PCJ por rever estes valores. Com a Bacia PCJ recebendo apenas a vazão primária de 3 m³/s, as águas do Rio Atibaia são praticamente esgotadas em Campinas.

Mortandade de peixes

Recentemente houve intensa mortandade de peixes em Piracicaba e Paulínia devido a estiagem mas que também podem ter se intensificado pela maior concentração de poluentes devido a baixa vazão liberada pelo Sistema Cantareira para as Bacias PCJ.

Histórico do volume armazenado e da pluviometria

ATENÇÃO: Clique aqui para ver os 2 gráficos atualizados

Afim de uma compreensão histórica, coletamos os dados de volume armazenado e de pluviometria do Sistema Cantareira, mês a mês, que são disponibilizados pela Sabesp. Cada ponto no gráfico corresponde ao volume armazenado no último dia do mês correspondente. Há dados desde janeiro de 2003 porém até agosto de 2004 os dados não consideravam um volume de reserva de 20%, portanto os valores seriam 20 pontos percentuais maiores, e não devem ser levados em conta para efeitos de comparações por isso não foram colocados no gráfico.

Uma análise do gráfico com a série histórica permite constatar a situação crítica. Em cinza estão as linhas que correspondem ao volume armazenado em anos de situação normal de abastecimento. Em cores estão os anos cuja trajetória foi ou é atípica.

ATENÇÃO: Clique aqui para ver os 2 gráficos atualizados


ATENÇÃO: Clique aqui para ver os 2 gráficos atualizados

ATUALIAÇÃO 31/05/2014: A Sabesp passou a contabilizar a reserva do "volume morto" denominando-o como "reserva técnica", por isso a curva do gráfico 2014 tem um salto em maio/2014.

Algumas observações no gráfico:

  1. A trajetória da curva de 2013 (vermelho) tinha comportamento normalmente esperado até novembro. Já à partir de dezembro/2013 a situação tornou-se atípica, denotando situação de criticidade (escassez).
  2. O volume de fevereiro só tinha sido inferior ao de janeiro subsequente nos anos de 2010 e 2011, porém à época o reservatório tinha volume armazenado superior a 80%, suficiente para atravessar o período de estiagem com tranquilidade.

No gráfico de pluviometria fizemos uma média das linhas em cinza e azul, referente ao período de 2005 a 2012 para comparação com o período 2013 e 2014.

ATENÇÃO: Clique aqui para ver os 2 gráficos atualizados


ATENÇÃO: Clique aqui para ver os 2 gráficos atualizados

Observado no gráfico:

  1. No gráfico da pluviometria fica evidente que a situação se tornou atípica desde novembro, quando choveu menos de 100mm, se agravou em dezembro quando choveu ainda menos, ao contrário do que era esperado. A situação seguiu se agravando nos meses de janeiro e fevereiro também com chuvas inferiores a 100mm, muito inferiores às médias registradas historicamente nestes meses.
  2. Atualização com dados de março/2014: choveu acima da média no mês de março. Desde o mês de julho/2013 não havia chuva acima da média..

Paiva Castro

Outro agravante da situação é que o reservatório de Paiva Castro funciona como uma "poupança de água" para a RMSP, pois ele não atende a Bacia PCJ, em outras palavras: só uma parte do volume total armazenado no Sistema Cantareira atende a Bacia PCJ. Os volumes armazenados podem ser consultados em tempo real neste link.

Sistema Cantareira em perfil

Renovação da outorga e eleições

Desde a outorga em 2004, a situação é inédita e se a chuva não vier, a situação ficará ainda mais dramática afetando enormes populações e exigindo criatividade das autoridades envolvidas: Sabesp e prefeituras. Além dos racionamentos na região de Campinas, outras medidas estão sendo tomadas, como o incentivo na forma de descontos na conta para os consumidores do sistema na RMSP que economizarem, e o recente anúncio de uso de outros Sistemas para abastecer parte dos consumidores da RMSP.

A crise, às vésperas de uma renovação da outorga, abre oportunidade para um novo regime de distribuição das águas que leve a um equilíbrio mais justo na divisão da água, de modo que a transposição de águas da Bacia PCJ para o Alto Tietê não exponha a Região de Campinas a situação tão crítica quanto agora, e que reveja a regra do banco de água pois, como acontece agora, sem sua suspensão em períodos de crise, permite a Sabesp - nas palavras do Ministério Público - fazer uma "poupança de água" em Paiva Castro.

O Consórcio PCJ acusa a Sabesp de não ter feito os investimentos necessários para reduzir a dependência da RMSP em relação ao Sistema Cantareira, o que teria liberado água para o desenvolvimento dos municípios da Bacia PCJ sem os custos adicionais que são gerados nas soluções criativas de abastecimento, como Piracicaba que foi buscar água no Rio Corumbataí, distante 20 km do município.

Além de ser ano de Copa, também é ano de Eleições. E na contabilidade política, ainda sem um racionamento na RMSP, é a Região de Campinas quem vai pagando mais caro por essa aposta da Sabesp nas chuvas que não vieram.

Anexo - Mapa das Bacias PCJ (clique para ampliar)

Mapa das bacias PCJ

Comentários

imagem de Júlio Boaro

E a situação vai ficar cada vez mais dramática...

Estadão - Racionamento de água em Guarulhos afetará 850 mil pessoas
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,racionamento-de-agua-em-guaru...

imagem de Júlio Boaro

"Prefeito de Campinas encomenda estudo para a Sanasa criar uma reserva municipal de água"

CBN - Jonas rebate crítica da presidente da Sabesp
http://www.portalcbncampinas.com.br/?p=77836

imagem de Júlio Boaro

Para comitê, manancial que abastece Cantareira estará esgotado na Copa
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,para-comite-manancial-que-aba...

imagem de Júlio Boaro

"Reserva" só entraria em operação em julho. Mas será que chega até lá?

'Reserva' do Sistema Cantareira pode abastecer a Grande SP por 4 meses
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/03/1427060-reserva-do-sistem...

imagem de Júlio Boaro

Disputas que emergiram durante a crise com a Sabesp pelas águas do Sistema Cantareira...

Round 1: Municípios da Região de Campinas
Round 2: Guarulhos
Round 3: RJ

Rio teme que captação de água por SP comprometa abastecimento no Estado
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,rio-teme-que-captacao-de-agua...

imagem de Richard Melo

Obras de duas novas represas na região começam em 2015

http://correio.rac.com.br/_conteudo/2014/03/ig_paulista/161955-obras-de-...

imagem de Júlio Boaro

Renovação da outorga do Cantareira pode ficar para 2015, afirma DAEE
http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2014/03/renovacao-da-outo...

imagem de Júlio Boaro

Agência Brasil - ANA defende medidas restritivas para o Sistema Cantareira
http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-04/ana-defende-medida...

imagem de Júlio Boaro

Microrganismos prejudicam ecossistema do reservatório e colocam em risco a saúde do homem
http://paulinia.net/2014/04/08/microrganismos-prejudicam-ecossistema-res...

imagem de Júlio Boaro

Cálculos da ANA confirmam estudos do Consórcio PCJ: vai faltar água no pico da estiagem em Agosto de 2014
http://www.agua.org.br/noticias/712/calculos-da-ana-confirmam-estudos-do...

imagem de Júlio Boaro
imagem de Júlio Boaro

Um diagnóstico sobre a dramática situação do Sistema Alto Tietê
http://jornalggn.com.br/blog/sergiorgreis/um-diagnostico-sobre-a-dramati...

imagem de Júlio Boaro

Editorial da Folha de S.Paulo - Miopia líquida
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/178686-miopia-liquida.shtml

imagem de Júlio Boaro

Bom artigo...
Benedito Braga: "As pessoas só entenderão que a água é preciosa quando ela custar caro"
http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2014/05/b...

imagem de Júlio Boaro

Jundiaí salva Campinas do racionamento de água
https://www.youtube.com/watch?v=1ChWdNM_QNQ

imagem de Júlio Boaro

Falta d'água atinge 13,7 milhões no Estado de SP
http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2014/10/16/fa...

imagem de Júlio Boaro

Seguirei atualizando os gráficos mês a mês nesta página: http://paulinia.net/blog/2014/11/sistema-cantareira-mes-a-mes

Comente no site usando seu Facebook

Comente com Facebook